domenica 25 aprile 2010

Alegre tem cátedra em Pádua

É hoje inaugurada em Pádua a cátedra com o nome de Manuel Alegre, dedicada à língua, literatura e cultura portuguesas..
19 Abril 2010 - O escritor e poeta Manuel Alegre assiste hoje, na Universidade de Pádua, à inauguração da cátedra com o seu nome destinada ao estudo da língua, literatura e cultura portuguesas.
No sábado, Alegre, cuja obra O Miúdo que Pregava Pregos numa Tábua foi editada recentemente, esteve presente na Universidade Roma Tre na qual participou num encontro com estudantes, e amanhã deslocar-se-á à Universidade Ca'Foscari, em Veneza, onde participa num encontro sobre poesia, juntamente com três outros poetas europeus.
Em declarações à agência Lusa, o escritor manifestou-se "bastante honrado" com a distinção, sublinhando tratar-se de uma maneira de afirmar a nossa literatura e a que é escrita em português.A cátedra Manuel Alegre na Universidade de Pádua foi instituída no departamento de Românicas da Faculdade de Letras e Filosofia e os seus promotores justificam-na alegando que Alegre é um "poeta, romancista, político e intelectual de topo do Portugal contemporâneo. Sem nunca renunciar ao empenhamento político, explora num registo de contínua e forte originalidade áreas temáticas universais, como a da errância, já que 'todos somos exilados de Florença' na esteira da grande tradição literária filiada em Portugal na "lusitana antiga liberdade", de Luís Vaz de Camões, particularmente cara também ao lema da Universidade de Pádua: Universa Universis Patavina Libertas (Liberdade de Pádua, Universal e para todos)", ainda segundo os seus criadores.
Poemas de Manuel Alegre estão incluídos em várias antologias de poesia portuguesa editadas em Itália, nomeadamente em La Nuova Poesia Portoghese (1975), Poeti Portoghese Contemporanei (1999) e Inchiostro Nero che Danza sulla Pagina. (2002).
Antologia de poemas com tradução de Roberto Vecchi, publicada em 1997.
Antologia de poesia (1999).
Edição limitada de cinco poemas traduzidos por Giulia Lanciani, com gravuras de Guido Strazza (2007).Edições italianas de Cão Como Nós (2008, tradução de Maria Luísa Cusati), e O Quadrado (2009, tradução de Silvana Urzini e Carlos Martins).
.
Manuel Alegre

6 commenti:

Andradarte ha detto...

Será um pronuncio para as eleições
Presidenciais???
Abraço

Susete Evaristo ha detto...

Olá meu amigo
Obrigada pela mensagem que me deixou.
Ontem já tinha aqui vindo visitá-lo muito apressadamente por isso não deixei sinal da minha passagem.
Concordo com o nosso amigo José Andrade, deve ser prenúncio para as presidenciais embora o meu candidato como deve calcular será outro ainda mais à esquerda.
Vamos ver como corre.
Um abraço para si e Dª Laura

Isabel Preto ha detto...

Obrigada por continuar a acompanhar-me e pela notícia.
Esperemos que sim, que seja como que uma visão de um mundo novo...Estamos a precisar...

Tétis ha detto...

Amigo Domenico

Agradeço o "aviso" que deixaste lá no Farol mas só agora consegui passar por aqui.

É uma honra para nós portugueses termos uma cátedra em Pádua com o nome de Manuel Alegre.

Trata-se, na verdade, de um "...intelectual de topo do Portugal contemporâneo" e já só por isso merecedor duma distinção como esta.

Independentemente de Alegre se candidatar à Presidência da República e de ganhar ou não as eleições, vê-lo-ei sempre como um intelectual, um dos maiores poetas da actualidade e um grande defensor da liberdade.

Beijinhos para ti e Laura

Lelé Batita ha detto...

Ciao Domenico
Mi piace la creazione di una catedra col nome di Manuel Alegre, un grandissimo poeta de la libertà.
Ti ringrazio tanto l'informazione.

Argos ha detto...

Olá Domenico

Independentemente da politica, Manuel Alegre é um dos maiores poetas portugueses.

Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...